Economia

Petrobras está prestes a entregar construção de mais um FPSO para a Ásia

Segundo a Petrobras, o campo de Petróleo de Mero 3 que pertence ao consórcio de Libra composto pela Shell, Total, CNPC e CNOOC, terá mais um FPSO.

A embarcação está em negociação com a empresa MISC, da Malásia.

A oferta da empresa foi de uma taxa diária de US$ 700 mil e bateu com a oferta da SBM no valor de US$ 800 mil.

O primeiro Óleo do FPSO tem previsão para 2023, mas poderá ser adiado  tendo em vista a atual crise no setor de petróleo causado pelo COVID-19.

O contrato deverá ser assinado até o início de agosto e será o primeiro contrato de operação a ser fechado pela MISC no Brasil.

A companhia pertence ao grupo Petronas que tem participação no FPSO Espírito Santo, operado pela SBM.

Voltar ao Topo