Óleo e Gás

Petrobras do Brasil adota programa de hedge para mercado de diesel

A brasileira Petróleo Brasileiro SA aprovou um programa de hedge para os preços do diesel em uma tentativa de aumentar a flexibilidade de preços, disse a petroleira estatal em um documento na sexta-feira.

Embora a Petrobras, como a empresa é conhecida, não detalhasse como seu programa de hedge a diesel seria estruturado, ela disse que a mudança foi semelhante a uma medida tomada em setembro, quando a companhia introduziu um programa de hedge para a gasolina.

Pelas novas medidas, que entrarão em vigor após o término do programa de subsídio do governo no final de dezembro, a Petrobras poderá manter os preços do diesel estáveis ​​por “curtos períodos” de até sete dias, enquanto varia a freqüência dos reajustes de preços durante o período. tempos de alta volatilidade.

Em um comunicado separado, a Petrobras disse que o uso do instrumento de hedge não seria nem “automático nem imediato”, e foi voltado para eventos de curto prazo, como “furacões no Golfo do México”.

A companhia disse que ainda está comprometida em permitir que os preços do diesel flutuem em linha com os mercados internacionais e a taxa de câmbio.

O programa separado de hedge de gasolina da Petrobras permite que a empresa mantenha os preços domésticos da gasolina estáveis ​​por até 15 dias por vez.

O lançamento do programa de gasolina, que veio após uma greve dos caminhoneiros sobre o aumento dos preços do diesel paralisou o Brasil, foi visto como neutro ou ligeiramente negativo pelo mercado, em meio à falta de clareza sobre a estrutura das posições de hedge e medos gerais de interferência em políticas de precificação baseadas no mercado.

Em setembro, o vice-presidente financeiro da Petrobras, Rafael Grisolia, disse à Reuters que a empresa estava considerando adotar um programa de hedge de diesel. Ele disse que o custo do hedge de combustível era marginal e que os bancos que normalmente executavam o hedge de combustível incluíam o Goldman Sachs, o Bank of America, o Banco do Brasil SA e o Citibank.

Voltar ao Topo