Óleo e Gás

Petrobras aumentará preço de atacado do gás natural em 7%

O aumento de preço será aplicado a contratos de atacado com empresas de distribuição de gás canalizado, disse a Petrobras. O aumento no preço reflete ganhos nos preços do petróleo e variações nas taxas de câmbio. Os contratos firmados entre a Petrobras e distribuidoras nos estados brasileiros são indexados ao preço do petróleo Brent e podem ser reajustados a cada três meses.

Este aumento de preço leva em consideração variações de preços de abril, maio e junho, de acordo com a empresa. A Petrobras disse que durante este período os preços do petróleo aumentaram 13 por cento, enquanto o real brasileiro valorizou 4 por cento em relação ao dólar dos EUA.

Em abril, a Petrobras aumentou os preços do gás em 39% , com vigência para maio, junho e julho.

Em maio, a Petrobras anunciou que adotaria o benchmark americano Henry Hub como índice para seus contratos de gás natural no atacado, para renovações de contratos ou novos contratos, atendendo a uma antiga demanda das distribuidoras em um momento de crescente competição no mercado nacional de gás.

Voltar ao Topo