Energia

Paraíba vai se tornar o lar de um projeto solar de 1,6 GW e fábrica fotovoltaica

A empresa brasileira de energia Rio Alto Energias Renovaveis SA vai implantar um complexo de energia solar de 1.625 MW na Paraíba, anunciou o governador João Azevedo nesta sexta-feira.

Batizado de Santa Luzia, o projeto solar será composto por 28 fazendas com capacidade individual de 58 MWp. Rio Alto estima que irá investir inicialmente cerca de R $ 4,1 bilhões (US $ 801,5 milhões / EUR 662 milhões) no esquema.

Um total de 1,3 milhão de painéis solares fotovoltaicos (FV) cobrirão uma área de 1.700 hectares (4.200 acres) nas cidades de Santa Luzia e São Mamede. Com conclusão prevista para janeiro de 2023, o complexo Santa Luzia terá capacidade para gerar energia suficiente para atender à demanda de mais de 1,6 milhão de residências.

No mesmo dia, o governador Azevedo também anunciou a construção de uma unidade de produção de painéis solares fotovoltaicos no município de João Pessoa pela empresa brasileira Balfar Solar, com investimentos iniciais de R $ 70 milhões. Quando entrar em operação em janeiro de 2022, a fábrica será a maior e mais moderna do gênero na América Latina, com uma produção prevista de mais de 150 mil painéis por ano, com capacidades que variam de 340 Wp a 450 Wp, destacou o governo .

Juntos, o complexo solar e a fábrica geram mais de 5.100 empregos diretos e indiretos.

Voltar ao Topo