Petróleo

OPEP corta previsão para o crescimento de 2021 na demanda por petróleo

O petróleo saiu das altas da sessão com a OPEP cortando as previsões para a demanda de petróleo novamente, apontando para as incertezas em torno da pandemia e do lançamento de vacinas.

Os futuros mudaram pouco depois de subir 1,9% em Nova York. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, em um relatório mensal, reduziu as projeções para o consumo global de combustível no primeiro trimestre de 2021 em 1 milhão de barris por dia.

A perspectiva sombria da demanda compensou a recuperação anterior do petróleo, após uma explosão no porto saudita de Jeddah. A Arábia Saudita disse que um ataque terrorista está por trás do incidente, mas não afetou o fornecimento de combustível.

Entre agora e o lançamento generalizado de uma vacina bem-sucedida, “a demanda está diminuindo”, disse Bob Yawger, diretor da divisão de futuros da Mizuho Securities.

O petróleo subiu cerca de 30% desde o final de outubro, mas os esforços do governo para controlar a disseminação da Covid-19 continuam sendo um obstáculo persistente no curto prazo. O Reino Unido está colocando Londres sob suas mais severas restrições ao coronavírus na quinta-feira, enquanto o governo holandês deve estabelecer medidas extras na segunda-feira.

Voltar ao Topo