Notícias

Oferta de Cbios supera meta para 2021

cbios

A pouco menos de três meses para o fim do ano, a soma de créditos de descarbonização, os CBios, à venda na B3 já ultrapassou a meta acumulada pela Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) para 2021.

Os produtores de biocombustíveis emitiram 21 milhões de Cbios até então, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Somando a esse número a quantidade de créditos emitidos e não aposentados em 2020, o estoque já ultrapassa a meta de 25,22 milhões de Cbios definidos para 2021.

Até agora, como distribuidores de créditos já adquiriram cerca de 13 milhões de Cbios , mais da metade dos créditos disponíveis na B3.

Cada crédito equivalente à remoção de uma tonelada de CO2 da atmosfera por meio da substituição de fósseis fósseis por biocombustíveis. Os produtores emitem voluntariamente Cbios com base na classificação de eficiência e sustentabilidade ambiental do volume de biocombustíveis vendidos.

O Brasil lançou o Renovabio em 2016 para estabelecer metas regulares de descarbonização para o setor de dividendos, que são divididas em metas individuais obrigatórias para as distribuidoras de direitos. Para cumpri-las, como distribuidoras de cartas necessárias “aposentar” dos Cbios adquiridos na Bolsa de Valores.

Voltar ao Topo