Empregos

Nubank viu carteira de clientes dobrar e perdas desacelerar no 1º semestre

O Nubank, maior fintech e neobank brasileiro, anunciou que tem R $ 19,9 bilhões em caixa e que o número de clientes mais que dobrou em um ano, para 26 milhões, no final de junho, o banco conquistou 41.000 novos clientes por dia no primeiro semestre do ano.

Os resultados da empresa no primeiro semestre de 2020 foram divulgados no final de semana e revelaram prejuízo de R $ 95 milhões no período, 32% a menos do que foi registrado no primeiro semestre de 2019.

Em uma postagem no blog, o CFO do Nubank, Marcelo Kopel,  que deixou o Itaú Unibanco, maior credor privado do Brasil, por Nubank em janeiro, apontou que a perda é resultado de uma decisão da empresa e, portanto, esperada como parte de sua estratégia de crescimento.

As receitas de intermediação financeira do Nubank mais que dobraram, para R $ 2,079 bilhões, “As receitas operacionais continuam a aumentar em um ritmo mais rápido do que as despesas e nossa geração de caixa operacional continua sólida e em tendência de crescimento”, escreveu Kopel.

Ele disse que, como os grandes bancos, o Nubank também aumentou as provisões para empréstimos inadimplentes no primeiro semestre deste ano, para lidar com a evolução da pandemia do coronavírus.

Foi um aumento de 16%, mas o executivo não revela o valor total, Kopel destaca ainda que a inadimplência foi relativamente baixa, de 5,8% do total dos empréstimos.

Nubank também revelou que a pandemia afetou o volume de compras com cartão de crédito, ao final do semestre, porém, o volume negociado foi 54% superior ao dos primeiros meses de 2019, informa o Valor Econômico.

Voltar ao Topo