Energia

Neoenergia inicia obras em complexo solar de 149 MWp no Brasil

seca SETOR ELÉTRICO energia

A concessionária brasileira Neoenergia SA (BVMF: NEOE3) iniciou as obras de construção do projeto solar Luzia, de 149,3 MWp, composto por dois parques no estado da Paraíba.

Originalmente, a construção estava programada para começar no segundo semestre de 2021, disse a Neoenergia na semana passada.

Localizadas no município de Santa Luzia, as usinas solares serão compostas por 233.289 módulos fotovoltaicos (FV) no total, capazes de gerar energia suficiente para atender 100 mil residências locais e compensar as emissões anuais de 65 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2).

O fornecimento de energia está definido para começar no segundo semestre de 2022.

De acordo com o comunicado, a produção futura dessas usinas já está comercializada até 2026 por meio de contratos de compra de energia (PPAs). Ao mesmo tempo, 20% da energia a ser produzida também já é comercializada para toda a vida útil das usinas.

Devido à sua localização, os projetos fotovoltaicos têm sinergia com o complexo eólico Chafariz de 471,2 MW e a linha de transmissão local, observou a Neoenergia.

Voltar ao Topo