Óleo e Gás

Movimento em portos do País cresce 2,5% no 1º quadrimestre

Os portos e terminais marítimos brasileiros movimentaram 316,68 milhões de toneladas de mercadorias entre janeiro e abril deste ano. O volume é 2,52% maior do que o total de cargas operadas no primeiro quadrimestre do ano passado, quando 308,9 milhões de toneladas de produtos entraram ou saíram do País através das instalações marítimas.

 Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Secretaria de Portos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O material é publicado no portal WebPortos, do Governo Federal, que reúne dados das operações portuárias brasileiras.

Como ocorre tradicionalmente, Santos foi o porto público com maior volume de operações nos primeiros quatro meses deste ano. De acordo com o WebPortos (que, ao analisar os portos públicos, considera apenas os resultados dos terminais públicos), os embarques ou desembarques de cargas no cais santista alcançaram 32,2 milhões de toneladas de janeiro a abril. O resultado mostra um aumento de 7,4% na movimentação, em relação ao mesmo período do ano passado.

 Para a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que reúne os dados dos terminais públicos e privados do complexo, o primeiro quadrimestre de deste ano registrou 37,5 milhões de toneladas. Neste caso, a alta foi de 4,7%.

Conforme os dados da Docas, as exportações chegaram a 28,2 milhões de toneladas, um crescimento de 12,8% sobre o mesmo período do ano passado. O complexo soja, que inclui as variedades em grão e farelo do produto, registrou um aumento de 27,3% e atingiu a marca de 10,8 milhões de toneladas. Em seguida, aparece o açúcar, com 4,3 milhões de toneladas, e o milho, com 2,2 milhões de toneladas movimentadas.

No primeiro quadrimestre, as importações pelo Porto de Santos chegaram a 9,31 milhões de toneladas, queda de 14% em relação ao mesmo período de 2015. O produto com maior movimentação foi o adubo, com 725 mil toneladas e crescimento de 52,2%. Em segundo lugar, ficou o enxofre, com 441,6 mil toneladas, recuo de 31,2% em relação ao acumulado do ano passado.

De acordo com os dados do Webportos, entre os portos públicos, Itaguaí (RJ) foi o segundo em movimentação nos primeiros quatro meses do ano, com 17,61 milhões de toneladas, uma alta de 2,44% sobre o mesmo período de 2015. Em terceiro, está Paranaguá (PR). O complexo paranaense escoou 14,5 milhões de toneladas, 16,2% a mais.

 Já o Porto de Rio Grande (RS) assumiu o quarto lugar em volume movimentado entre os portos públicos, com aumento de 9,35% nas operações. Nos primeiros quatro meses do ano, operou 7,25 milhões de toneladas.
Voltar ao Topo