Economia

Movimentação de carga em Paranaguá cai 20pc em outubro

movimentação

A movimentação de carga no porto de Paranaguá caiu 20pc em outubro em relação ao mesmo período do ano passado, refletindo a queda nas exportações de milho, soja e farelo.

A movimentação de carga em outubro recuou para 4,0 milhões de t, de 5,0 milhões de t um ano antes, de acordo com dados da autoridade portuária de Paranaguá.

No mês passado, as exportações totalizaram 2,0 milhões de t, queda de 34pc em relação ao ano anterior. Nenhum volume de milho foi exportado no período, enquanto 474.828t do grão foram exportadas no mesmo período do ano passado. Os embarques de soja caíram 40pc, para 495.510t.

As importações subiram para 2,1 milhões de t em outubro, alta de 1,6pc em relação ao ano anterior, com a chegada de fertilizantes caindo 4pc, para 914.775t. Como a segunda safra de milho no Brasil foi danificada por geadas e secas, as importações de milho aumentaram para 84.924t em outubro, em comparação com nenhum volume de milho importado um ano antes.

Até outubro, a movimentação de carga caiu para 48,5 milhões de t, queda de 1pc em relação ao mesmo período do ano passado. As exportações de milho recuaram 60pc, para 653.247t, enquanto as exportações de soja caíram 17pc, para 11,7 milhões de t. As importações de fertilizantes aumentaram 15pc, para 9,4 milhões de t.

O porto de Paranaguá também movimenta outras commodities como combustíveis, trigo e óleos vegetais, além de bens industriais.

Voltar ao Topo