Empregos

Mosaico suspende minas de fosfato no Brasil após novas regras para barragens

A Mosaic Company, uma produtora de fertilizantes brasileira, disse na quinta-feira que suspenderá a produção em suas minas de fosfato de Tapira e Catalão, depois de não conseguir uma prorrogação do prazo para fornecer certificação de estabilidade para três de suas barragens de rejeitos.

O fosfato é um ingrediente fertilizante crucial e a operação da Mosaic é a maior do Brasil, líder global em agricultura, produzindo mais de 220 milhões de toneladas de grãos e 570 milhões de toneladas de cana por ano, entre outros produtos como café, tabaco e algodão. e frutas.

As regulamentações de mineração no Brasil foram afetadas por um desastre de barragem em janeiro, envolvendo a mineradora Vale SA, que matou centenas de pessoas, levando a novas regras para tentar evitar mais acidentes. O Brasil tem dezenas de barragens de rejeitos, que retêm os subprodutos criados durante a extração de recursos minerais.As regulamentações de mineração no Brasil foram afetadas pelo desastre da barragem em janeiro, que matou centenas de pessoas, levando a novas regras para tentar evitar mais acidentes.

Para atender a demanda, a Mosaic informou que vai importar produtos de sua unidade de fosfato em Tampa, Flórida, e também produtos de suas operações no Peru para atender a demanda de clientes brasileiros.

A Mosaic informou que solicitou a prorrogação de um prazo para apresentar um relatório de estabilidade para três de suas barragens, “para permitir que consultores especialistas finalizem estudos adicionais recomendados e análises geotécnicas”.

A Agência Nacional de Mineração do Brasil não aprovou a extensão, disse a Mosaic, que levou a empresa a parar de usar as barragens que faziam parte dos complexos de produção de Tapira e Catalão.

Não está claro por quanto tempo a suspensão das barragens durará.

Uma fonte do setor disse à Reuters que não vê um grande impacto das minas inativas no fluxo de fertilizantes no Brasil ou nos custos agrícolas, já que há produção de fosfato suficiente em Tampa e em outros locais no exterior. Ele não queria ser identificado.

Ele também disse que a demanda atual por fertilizantes no Brasil é baixa, já que a safra de verão acaba de ser colhida e as lavouras de cana e café estão próximas da época da colheita.

O Brasil depende das importações para cerca de 70% de suas necessidades de fertilizantes. A produção local de fosfatos, por exemplo, é de cerca de 1 milhão de toneladas por ano, principalmente das minas Mosaic, em comparação com a demanda anual estimada em cerca de 5 milhões de toneladas.

Voltar ao Topo