Beleza

Mistura de cinza: você deve adotar essa técnica de balayage para cabelos brancos?

E se fosse possível não depender mais de colorações? O blending cinza é a técnica do tempo para assumir totalmente seus cabelos brancos.

Alguns veem aparecendo vários cabelos brancos aos 20 anos, enquanto outros mal ostentam um fio prateado aos 50. Quer mantê-los? Colori-los? A maioria das mulheres ainda tem dificuldade em lidar com eles e muitas delas usam tintas para camuflar pessoas indesejadas. No entanto, os confinamentos abalaram suavemente as mentalidades, e ter que compor sem cabeleireiros e coloristas sem dúvida ajudou a assumir o seu cabelo natural. A nova cor de cabelo do momento, batizada de cinza blending, vai ao encontro dessa tendência. Gianni Coppa, cabeleireira e fundadora do salão R’Factory em Paris, recomenda com prazer esta técnica de balayage cada vez mais popular para mulheres que desejam manter os cabelos brancos. ou ficando grisalho. Seria ideal para assumir seus cabelos brancos sem as demarcações deixadas pelas cores clássicas de cabelo.

mistura de cinza, quèsaco?

Literalmente “mistura de cinza” em francês, a mistura de cinza é uma técnica de escaneamento específica para o “branqueamento” do cabelo. Consiste em trabalhar um método de aplicação para trazer nuances e reflexos aos cabelos brancos a fim de realçá-los. “Conseguimos este resultado graças a um método de micro-balayage, seja bastante claro se já houver uma cor velha e o cabelo voltou a crescer, ou mais escuro se procuramos um efeito sal e pimenta. A ideia é mesclar os cabelos brancos na massa para um resultado uniforme ”, explica Gianni Coppa.

Uma boa ideia para cabelos grisalhos?

Sal e pimenta não é sua xícara de chá? O colo pro recomenda então trabalhar com um blend de cinza em tons claros para trazer o máximo de luminosidade e brilho aos cabelos. Isso torna possível criar mais pontos de luz, mantendo um resultado natural para evitar manutenção muito regular e restritiva.

Para quem ?

mistura cinza é para cabelos grisalhos ou brancos e se ajusta melhor em bases claras (castanhas ou loiras). Se essa técnica agrada a todos que desejam passar da coloração para os cabelos mais naturais, ela também permite personalizar sua cor trazendo luz e brilho.

Que manutenção?

Escolha rotinas para cabelos pintados com xampus protetores de cor, ou mesmo amarelecimento com pigmentos azuis ou roxos. A cada lavagem, deixe um tratamento nos comprimentos para manter uma fibra saudável: seja uma máscara hidratante e nutritiva para cabelos grossos a médios, ou um condicionador de cor protetora para cabelos finos a médios. Finalmente, não há necessidade de voltar ao seu colorista a cada três semanas. Marque uma consulta quando achar que falta brilho e brilho ao seu cabelo!

Voltar ao Topo