Energia

Ministro de Minas estuda proposta para energia nuclear

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o governo federal estuda uma proposta para acabar com o monopólio estadual da energia nuclear. Dessa forma, os investimentos privados poderiam ser direcionados ao setor, que não recebe recursos há 30 anos.

Em entrevista, Albuquerque disse que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) deve ser encaminhada ao Congresso no primeiro semestre de 2021. O objetivo é permitir que empresas privadas entrem na exploração e mineração de urânio para geração de energia nuclear. “Não faz sentido manter o monopólio da mineração e da manutenção de minerais nucleares”, disse Bento Albuquerque, e citou ainda que a primeira parceria na área nuclear pode ser a conclusão da usina Angra 3.

Vale lembrar que o Brasil possui, hoje, apenas duas usinas nucleares: Angra 1 e Angra 2. No entanto, as usinas respondem por apenas 3% da matriz energética do país – que hoje é dominada por hidrelétricas. No entanto, o Brasil tem grande potencial no setor de energia nuclear.

Voltar ao Topo