Óleo e Gás

Mescla de B100 para 2022 segue indefinida

leilão de B100

O mandato obrigatório de biodiesel para 2022 continua indefinido após o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) não chegar a um consenso nas reuniões desta semana sobre restabelecer a mescla para 13pc, personaliz-la em 10pc ou reduzi-la para 6pc.

O debate espalha incerteza entre os investidores do setor de biocombustíveis, considerando que a indústria automotiva, os importadores de compensações e alguns setores do governo travam uma queda de braço com os ministérios de Minas e Energia e de Agricultura, que querem retornar com a mistura de 13pc, conforme definido pela lei.

Um novo encontro do CNPE está marcado para 29 de novembro.

Pelo cronograma do mandato obrigatório, a mescla atual deveria estar em 13pc, mas tem ficado abaixo deste nível a maior parte deste ano. Conforme a legislação vigente, a mistura está programada para subir para 14pc em março de 2022, e atingir 15pc no ano seguinte.

A insistência do governo para reduzir a mistura foi apoiada pelos caminhoneiros, alguns distribuidores de débitos e o setor automotivo.

Já os ministérios da Agricultura e de Minas e Energia apoiam publicamente o retorno da mistura para 13pc para o primeiro bimestre de 2022 e a elevação para 14pc em março.

Voltar ao Topo