Empregos

Mercado de gasolina de aviação no Brasil foi interrompido em meio a preocupações de qualidade

A estatal brasileira de petróleo Petrobras parou “preventivamente” de fornecer gasolina de aviação importada depois que testes químicos em um lote importado levantaram possíveis problemas, o que fez com que as grandes distribuidoras de combustíveis BR Distribuidora e Raízen suspendessem a venda do produto, segundo para arquivamentos na segunda-feira.

A multinacional petrolífera BP disse em comunicado que sua unidade de combustível de aviação suspendeu imediatamente as vendas de gasolina de aviação a clientes e revendedores no Brasil por precaução após o anúncio da Petrobras.

A Petróleo Brasileiro SA, como é formalmente conhecida a Petrobras, disse no sábado que o lote de gasolina de aviação importada, ou avgás, atendia às exigências da ANP, órgão regulador do petróleo. No entanto, testes internos levaram a empresa a perceber certas diferenças químicas em relação a outros lotes de avgas importados.

Voltar ao Topo