Offshore

Maersk ganha contrato EPCI para projeto Mero 2 no Brasil

O Consórcio Libra contratou a Maersk Supply Service para a pré-instalação do sistema de amarração de um FPSO recém-construído no Brasil.

O projeto compreende obras de engenharia, aquisição, construção e instalação (EPCI) no projeto Mero 2 e será realizado ao longo de 2021 e 2022.

O escopo do trabalho inclui o pré-lançamento de 24 âncoras torpedo de 23 metros de comprimento, cada uma pesando 120 toneladas, em lâmina d’água de 2.000 metros no litoral do Rio de Janeiro.

A Maersk será responsável por todas as atividades de engenharia, compras e execução offshore.

“ Este é um dos maiores projetos do gênero a serem premiados este ano, e estamos muito orgulhosos de tê-lo conquistado. Com este contrato, estaremos ampliando significativamente nossas atividades no Brasil e desenvolveremos ainda mais nosso escritório no Rio de Janeiro ”, disse Rafael Thome , diretor-gerente da Maersk Supply Service na América Latina.

“ Esperamos trabalhar em estreita colaboração com a Petrobras como operadora líder do Consórcio Libra e aprimorar nossas capacidades de soluções no mercado brasileiro”.

Para lembrar, em agosto de 2020, a Petrobras concedeu à TechnipFMC um contrato EPCI para o campo do pré-sal Mero, localizado na Bacia de Santos, no Brasil.

O campo de Mero é operado pelo Consórcio Libra composto por Petrobras, Shell Brasil, Total, CNPC, CNOOC e Pré-sal Petróleo SA (PPSA).

Voltar ao Topo