Economia

Lucros da mineração no Brasil aumentam 9% no segundo semestre após o retorno da China às negociações

A indústria de mineração, foi severamente afetado pela pandemia de Covid-19, No entanto, o setor de mineração brasileiro mostra sinais de recuperação, sendo assim, o governo chinês comprometeu-se recentemente a aumentar os gastos em construção de infraestrutura para compensar o impacto da pandemia na economia do país, aumentando assim a demanda por minério de ferro para produzir aço de infraestrutura e outros projetos de construção.
Inegavelmente, no que diz respeito à indústria de mineração, o Covid-19 também teve um impacto significativo no consumo de minério de ferro, em 2020, o consumo de minério de ferro caiu 2,8%, para 2,03 bilhões de toneladas. Essa queda está relacionada à queda nas atividades de construção.
Além disso, especialistas em mineração apontaram que a indústria da construção global foi severamente afetada pelo vírus, os trabalhadores não podem retornar ao local e a entrega dos principais materiais e equipamentos foi severamente interrompida.

“De maneira mais geral, o setor será afetado pela interrupção generalizada esperada das atividades econômicas e uma provável queda nos investimentos, juntamente com os projetos planejados, particularmente nos setores de edifícios comerciais e industriais, potencialmente sendo suspensos ou cancelados”, diz o especialista em economia.

“Espera-se que o minério de ferro seja comercializado em US $ 102,28 por tonelada métrica até o final deste trimestre. De acordo com os macro modelos globais da Trading Economics e as expectativas dos analistas e no futuro. Estimamos que seja comercializado em US $ 89,33 em 12 meses.”, informou a Trading Economics.

Segundo o instituto, esse aumento é explicado pela recuperação da China após um dos piores estágios da crise causada pela pandemia brasileira, a alta do dólar também pode ser considerada o principal fator impulsionador.
Voltar ao Topo