Notícias

Leilão dos campos de Sépia e Atapu, na Bacia de Santos, é adiado novamente

O Governo apresentou um novo cronograma no qual o leilão das áreas do pré-sal da Bacia de Santos Sépia e Atapu, deverá acontecer no terceiro trimestre do próximo ano, segundo o Ministério de Minas e Energia (MME).

Segundo especialistas,  as áreas fazem parte dos volumes excedentes ao contrato de cessão onerosa dos blocos do pré-sal e foram leiloadas pela primeira vez em novembro de 2019, mas não geraram interesse dos investidores devido às incertezas legais.

Os direitos de exploração e produção de 550 Mboe (milhão de barris de petróleo), na área de Atapu e 500 Mboe em Sépia foram novamente prejudicados.

Apesar do baixo preço do petróleo, as autoridades garantiram que a venda irá acontecer.

No início desse ano, o governo publicou que a PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A.) deverá representar a União em negociações com a Petrobras para que  o valor da compensação a ser paga à estatal por investimentos já realizados nas áreas de Sépia e Atapu.

Diversos leilões de petróleo e gás foram adiados, por causa da disseminação do coronavírus.

O Brasil já adiou sua 17ª rodada de concessões e também deverá adiar a 7ª rodada do pré-sal e a segunda fase do programa de área aberta, que também estavam  previstas para acontecer esse ano.

As autoridades já adiaram a 8ª licitação do pré-sal e a 18ª rodada de concessão para 2021.

Voltar ao Topo