Energia

Irã estuda cooperação energética com o Brasil

O ministro das Relações Exteriores do Irã destacou as oportunidades disponíveis para Teerã e Brasília ampliarem suas relações econômicas bilaterais, dizendo que o Irã supriu as demandas de energia do país sul-americano no passado e agora pode trabalhar com ele na indústria de petróleo e gás.

“O Brasil é uma das principais economias do mundo, a principal economia da América Latina, e também membro do BRICS”, disse Mohammad Javad Zarif a repórteres após chegar ao Brasil na terça-feira.

Saudando a interação econômica do Irã com o Brasil, Zarif disse que os laços comerciais se limitam principalmente à importação de produtos agrícolas do país latino-americano, enquanto existem amplas oportunidades disponíveis nas indústrias de petróleo e gás.

O Irã era um fornecedor de energia para o Brasil no passado, e ainda há possibilidades de cooperação nesse campo, acrescentou ele.

Elogiando os avanços tecnológicos do Brasil, Zarif disse que os dois países poderiam desempenhar papéis complementares nesse setor.

Ele também expressou a esperança de que suas reuniões no Brasil aumentem a cooperação entre os setores privados dos dois países.

Comandando uma delegação política e econômica de alto escalão, Zarif começou sua turnê pelo Senegal, Namíbia, Brasil e Uruguai no domingo à noite.

Sua comitiva na viagem inclui representantes de dezenas de empresas e empreendedores em várias áreas, tanto do setor estatal quanto do setor privado.

Voltar ao Topo