Benefícios

INSS: Retomada de bloqueio de benefícios por falta de realização da prova de vida será gradual

Por falta de comprovação da vitalidade da pandemia, o bloqueio do INSS à previdência continuou até o final de novembro, ou seja, aposentados e aposentados que não cumpriram as formalidades entre março e outubro deste ano não serão prejudicados até o final do próximo mês.

Trata-se do Decreto nº 1.053 publicado no Diário Oficial da União (DOU), que está garantido no último dia 15, porém, à medida que o prazo se aproxima, o INSS vem estudando uma forma gradativa de retomar gradativamente a suspensão dos pagamentos, sem promover a competição entre os beneficiários e os bancos.

Segundo a Instituição, por falta de prova de vida, não há informações detalhadas sobre como devolver procedimentos de rotina de benefícios congelados, suspensos e encerrados, mas nem todos os beneficiários acontecerão ao mesmo tempo, essas informações estarão amplamente disponíveis quando o INSS decidir como organizá-las.

Esta extensão se aplica a beneficiários residentes no Brasil e no exterior, mesmo assim, a prova de vida continua a ser feita normalmente pelo banco, e quem quiser pode continuar a fazer a prova, para não descobrir que a agência está lotada posteriormente.

Em circunstâncias normais, o segurado fornecerá prova de vida todos os anos para provar que ainda está vivo e para garantir o pagamento contínuo dos benefícios.

Confira como está sendo o trâmite nos bancos

  • Itaú – Os Clientes podem acessar a rede de agências, que funciona das 9h às 10h, especificamente para aposentados, pensionistas e demais grupos de risco, o processo é concluído na janela do caixa, o banco enfatizou que usará biometria registrada para atualizar automaticamente o comprovante de vida do cliente e realizar transações bancárias.
  • Santander – O Beneficiário pode fazer isso por meio de agência com gestor ou no autoatendimento, no entanto, desde o início da pandemia, algumas agências priorizaram o atendimento de idosos, gestantes e pessoas com deficiência entre 9h e 10h.
  • Bradesco – A prova de vida dos beneficiários do INSS é normalmente realizada nas agências, pessoas com biometria podem realizar esse processo nos caixas eletrônicos do Banco 24Horas e nos caixas eletrônicos.
  • Banco do Brasil –  O beneficiário, seu advogado ou representante legal deve dirigir-se à agência para digitar a senha cadastrada ou baixar os dados biométricos do próprio beneficiário, a prova de vida também pode ser realizada em terminais de autoatendimento equipados com dados biométricos.
  • Caixa – Os beneficiários do INSS são atendidos durante o expediente do banco, das 8h00 às 12h00.
Voltar ao Topo