Economia

Inflação do Brasil chega a 5% pela primeira vez em mais de quatro anos

A inflação anual no Brasil subiu acima de 5% em fevereiro pela primeira vez em mais de quatro anos, dados oficiais mostraram nesta quinta-feira, acima das expectativas dos analistas e impulsionada em grande parte pelo forte aumento nos custos de transporte.

Chegando menos de uma semana antes da próxima decisão de política do banco central, os números devem cimentar a visão consensual de que o primeiro aumento nas taxas de juros brasileiras desde 2015 é iminente.

A taxa anual de inflação ao consumidor em fevereiro foi de 5,20%, informou a agência de estatísticas IBGE, acima da mediana de 5,06% prevista em pesquisa da Reuters com economistas e a maior desde janeiro de 2017, segundo dados do Refinitiv.

A meta do banco central para o final do ano é 3,75%, com uma margem de erro de 1,5 ponto percentual em ambos os lados.

A taxa mensal de inflação subiu para 0,86%, disse o IBGE, a maior para qualquer fevereiro desde 2016 e acima da previsão dos economistas de um aumento de 0,72%.

Oito das nove categorias pesquisadas pelo IBGE apresentaram elevação de preços em fevereiro, com alta de 2,28% nos custos de transporte, respondendo por quase metade do aumento global.

No segmento de transportes, os preços dos combustíveis subiram mais de 7% no mês, informou o IBGE.

Voltar ao Topo