Petróleo

IBGE divulga destaque do setor petrolífero no PIB industrial

No inicio desta semana o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que as indústrias da construção civil imobiliária e do petróleo se destacaram nos dados do PIB (Produto Interno Bruto) do 3º trimestre. Com expansão de 12%, devido ao aumento na produção de petróleo que foi recorde no período, a indústria extrativa foi o maior destaque do trimestre. No último trimestre, cresceu a exploração do pré-sal pela Petrobras e o setor responde por 65% da atividade extrativa.

“Apesar de a indústria de transformação pesar mais [54% da indústria total], a extrativa e a construção, que representam 32% juntas, cresceram e mais que compensaram essa queda”, disse Rebeca Palis, coordenadora de Contas Trimestrais do IBGE.

A comparação do acumulado em quatro trimestres mostra um quadro de estagnação. No terceiro trimestre de 2018, a soma do PIB era de 1,6%. Passou a 1,3% no período seguinte, foi a 1,1% no primeiro e no segundo trimestres deste ano e agora atinge 1%.

O resultado trimestral se deve em boa parte à agropecuária, que teve crescimento de 1,3%. A indústria registrou alta de 0,8% e os serviços, de 0,4%. No caso da indústria, o resultado foi puxado pela área extrativa, que avançou 12%, principalmente devido ao petróleo. Já a indústria de transformação recuou 1%.

Indicador de investimentos, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 2%, mesmo resultado do consumo das famílias. Já o consumo do governo caiu 0,4%. No setor externo, as exportações recuaram 2,8%, enquanto as importações cresceram 2,9%.

Voltar ao Topo