Energia

Huawei e ABGD lançam primeiro Huawei Solar Road Show no Brasil

Hoje, a Huawei, juntamente com a Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD), iniciará o primeiro Huawei Solar Road Show, um caminhão móvel totalmente adaptado para cursos de qualificação, com sala de aula, espaço para oficinas e uma casa de demonstração com cozinha e lavanderia, totalmente equipada, fornecida por um sistema de microgeração distribuído na grade e fora da grade, que será utilizado para atividades de demonstração.

A iniciativa, cujo principal patrocinador é a Huawei, conta ainda com o apoio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e de outras empresas do mercado de energia solar, que realizarão cursos fundamentais de instalação de sistemas fotovoltaicos para mais de 50 cidades, abrangendo os principais estados do Brasil. A partida está marcada para 3 de maio.Rd.

Energia solar significa maior capacidade de produção, energia limpa 24 horas por dia, custos otimizados, inteligência, eficiência e segurança – esta é a mensagem que a Huawei quer levar para todas as paradas do Road Show junto com a ABGD e oferecer uma experiência imersiva aos participantes. No cenário residencial, o participante poderá ver de perto a solução fotovoltaica inteligente da Huawei para casas, que oferece 24 horas de energia limpa, estável, econômica e sem impactar a rotina e qualidade de vida de seus moradores.

“Imagine uma solução única baseada em tecnologias digitais que garanta o fornecimento de energia limpa dia e noite, de forma muito intuitiva, eficiente e econômica para ambientes residenciais, comerciais e industriais. Esta não é uma tendência futura. Agora é possível”, diz Fabio Mendes,diretor de parceiros de canal da Huawei, Enterprise Group para a América Latina.

O projeto tem três objetivos: conscientizar a população sobre a importância do uso de fontes renováveis para a geração de energia; qualificar, com uma sala de aula itinerante, profissionais interessados na instalação de sistemas fotovoltaicos e levar conhecimento para regiões relativamente remotas.

“Nossa ideia é incluir no roteiro as principais capitais e importantes cidades identificadas na rota, promovendo energia solar fotovoltaica na prática”, comenta Carlos Evangelista,presidente da ABGD.

“Preparamos um curso com carga horária de 8 horas, que inclui noções básicas de regulação da geração distribuída de energia elétrica, dimensionamento preliminar de projetos solares fotovoltaicos, segurança e qualidade das instalações e vendas”, diz Evangelista. A ABGD espera treinar mais de 2 mil pessoas ao longo do percurso, que inclui um circuito de 12 meses na estrada.

Além dos aspectos técnicos, o curso abrange diversas etapas do processo de comercialização de sistemas fotovoltaicos e promove o empreendedorismo. Evangelista ressalta que a energia renovável pode ser um fator propulsor na recuperação econômica como um todo.

“Ao fortalecer o mercado de sistemas fotovoltaicos em uma região, você oferece a residências e estabelecimentos comerciais uma possibilidade de economizar na tarifa de energia, e, além disso, dinamita a economia e gera diversos empregos”, ressalta o presidente da ABGD.

No cenário residencial, dentro do caminhão, com cozinha e lavanderia equipadas e alimentadas por energia solar fotovoltaica, mostra como na prática, no cotidiano, um ambiente que a eletricidade é gerada ali mesmo, com luz solar.

“Ao longo do trabalho da ABGD, identificamos muitas dúvidas na população sobre a complexidade e viabilidade da instalação de um sistema fotovoltaico, bem como a garantia do fornecimento de energia”, explica Evangelista. O executivo ressalta que no caminhão Huawei Solar Roadshow, será possível dissipar mitos em relação à geração distribuída.

Voltar ao Topo