Notícias

Gasolina da Noruega atinge US $ 10 por galão

Enquanto os motoristas americanos se desesperam com a gasolina chegando a US$ 5 o galão, pense nos motoristas da Noruega, rica em petróleo, onde os preços estão em US$ 10.

Postos de gasolina em Oslo estavam vendendo o combustível sem chumbo por cerca de 27 coroas o litro, ou cerca de US$ 10,30 o galão, na sexta-feira. Isso o torna o país europeu mais caro para encher e perdendo apenas para Hong Kong globalmente. Quase metade do custo da bomba no país nórdico é composto por impostos rodoviários, carbono e vendas, de acordo com a Federação Automobilística Norueguesa.

A Noruega é o maior produtor de petróleo da Europa e o aumento nos preços do petróleo e do gás devido à guerra na Ucrânia impulsionou seus cofres. Mas seus consumidores – como os de todo o continente – foram atingidos pelo aumento dos preços na bomba em um momento em que estão sendo pressionados por energia mais alta e custos de alimentos quase recordes.

Embora o governo da Noruega tenha intervindo para subsidiar os custos de energia doméstica, não está tão interessado em fazê-lo quando se trata de gasolina. Com a inflação superior a 5%, aumenta a especulação de que o banco central será forçado a dobrar o tamanho do aumento planejado da taxa de juros na próxima semana. Isso pode não deixar o estado com muito espaço para ajudar com os preços da gasolina.

Ainda assim, os preços mais altos dos combustíveis podem ajudar a impulsionar a mudança para veículos de emissão zero na Noruega, onde quatro em cada cinco carros novos vendidos até agora este ano eram elétricos. Muito disso se deve a uma série de incentivos, incluindo impostos reduzidos sobre novas compras que fazem parte de uma meta de erradicar as vendas de carros novos movidos a petróleo até 2025.

Voltar ao Topo