Petróleo

Fpso voltará a operar e passa por obras

O sinal verde vai brilhar em breve para o FPSO Capixaba, que está fora de operação desde abril. A unidade sofreu um grande surto de coronavírus entre seus trabalhadores e, por isso, foi paralisada para passar por um processo de desinfecção. Contudo, de acordo com a Petrobrás, a unidade deve voltar a operar ainda no terceiro trimestre deste ano.

Com a paralisação do FPSO, a Petrobrás teve um impacto de 35 mil barris de óleo equivalente por dia em sua produção durante o segundo trimestre. A estatal conseguiu negociar com a SBM, dona do navio, uma suspensão temporária do contrato da plataforma, que será retomado quando a unidade voltar a produzir.

A petroleira informou ainda que o período de suspensão de contrato da unidade está sendo aproveitado pela SBM para a execução de obras na plataforma, visando o aumento de eficiência operacional. A unidade produz no Parque das Baleias e está afretada pela Petrobras até abril de 2022.

Voltar ao Topo