Energia

Fabricante chinesa vai montar parque eólico flutuante no Brasil

A fabricante chinesa de turbinas eólicas Mingyang Smart Energy Group Co. Ltd. vai instalar um parque eólico flutuante ao largo do Ceará, revelou na semana passada o Governo do estado do nordeste do Brasil.

Num comunicado, o Governo do Ceará sublinha que a empresa chinesa escolheu o Ceará devido à localização geográfica e potencial do Estado brasileiro para a geração de energia eólica.

O memorando de entendimento para o lançamento do projecto foi assinado pelo Governador do Ceará, Camilo Santana, e pelo Vice-Presidente da Mingyang, Larry Wang.

Na cerimónia de assinatura do acordo, Larry Wang defendeu que o projecto irá não apenas gerar energia a partir de uma fonte renovável, mas também impulsionar o desenvolvimento económico em Ceará, acrescenta o comunicado.

O Ceará é um estado pioneiro no Brasil ao implementar uma política de estímulo ao investimento nas energias renováveis, nomeadamente a eólica e a solar, sublinhou Camilo Santana, também citado no comunicado.

Voltar ao Topo