Notícias

Exxon Mobil faz perfuração offshore no nordeste, com potencial de um bilhão de barris

A Exxon Mobil Corp. dos Estados Unidos está perfurando em uma nova área offshore no nordeste do Brasil que pode ter até um bilhão de barris de óleo e gás equivalente, de acordo com seu parceiro Murphy Oil.

O CEO da Murphy Oil, Roger Jenkins, deu a atualização sobre o prospecto Cutthroat-1 offshore no Brasil em uma apresentação aos investidores.

Se a exploração for bem-sucedida, será a primeira descoberta de petróleo da Exxon no Brasil como operadora. A Exxon lidera o prospecto na bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil, com 50% de participação. A ela junta-se a produtora brasileira Enauta com 30% e a Murphy Oil Corp, com sede em Houston, com 20%.

A Exxon iniciou a atividade de perfuração no prospecto Cutthroat-1 em 20 de fevereiro e deve ser concluída nas próximas semanas, disse Jenkins.

Este é o primeiro poço exploratório dos nove blocos que as três empresas mantêm juntos na bacia de Sergipe-Alagoas. A área de Cutthroat tem um potencial de recursos brutos ascendentes entre 500 milhões e 1,050 bilhão de barris de petróleo equivalente, disse ele.

Voltar ao Topo