Economia

Exportações de café do Brasil caem 8% em janeiro

O Brasil exportou 2,89 milhões de sacas de 60 kg de café verde em janeiro, queda de 8% em relação ao mesmo mês do ano anterior, disse a associação de exportadores Cecafe na terça-feira em um relatório mensal.

As exportações de café arábica caíram 9,3%, para 2,65 milhões de sacas, enquanto os embarques de café robusta aumentaram 7,9%, para 241.534 sacas, disse a associação, sem dar uma razão para a redução geral dos embarques.

As exportações de janeiro do Brasil, maior produtor e exportador mundial, também foram menores do que em dezembro e o menor volume mensal desde julho.

Os traders têm relatado uma atividade lenta no mercado à vista brasileiro, principalmente porque os produtores já venderam muito em um ano de safra recorde. Os embarques em outubro, novembro e dezembro superaram a alta de 4 milhões de sacas por mês.

“O mercado físico está em um ritmo lento no Brasil. Os produtores vêm tendo uma boa receita nos últimos meses, devido aos preços futuros estáveis e moderadamente altos com a moeda em desvalorização, e assim mantêm uma posição forte nos preços de venda”, afirmou a trader de café Comexim disse em uma nota na terça-feira.

“Paralelamente, os juros no Brasil são bastante desinteressantes, com a Selic (taxa básica de juros) em 1,9% ao ano. A exploração do café parece prometer ganhos melhores”, acrescentou a Comexim.

Os Estados Unidos foram o principal destino do café brasileiro em janeiro, com 22% dos embarques totais, seguidos por Alemanha, Bélgica, Itália e Japão.

Voltar ao Topo