Notícias

Equinor contrata plataforma de acomodação Floatel para manutenção de Peregrino

A gigante norueguesa de energia Equinor fretou a plataforma de acomodação offshore Floatel Victory da Floatel International .

A Equinor usará o flotel semissubmersível para serviços de manutenção e segurança ao lado do FPSO Peregrino offshore do Brasil.

O afretamento do Floatel Victory é de seis meses com previsão de início no local no terceiro trimestre de 2021. 

A Equinor tem opções para estender o contrato após o período firme, disse Floatel. Não compartilhou os detalhes financeiros.

Construído em 2013, o Floatel Victory é uma embarcação semissubmersível de alojamento e apoio à construção que pode acomodar 560 pessoas em cabines de uma e duas camas.Trabalhador em Peregrino A no Brasil. (Foto: Øyvind Hagen / Equinor ASA)

Possui uma passarela de 38 metros para a transferência do pessoal do cliente entre o floatel e a instalação hospedeira. A passarela possui capacidade telescópica de +/- 7,5 m, permitindo que a embarcação permaneça conectada em condições climáticas adversas.

O campo de Peregrino foi fechado no ano passado devido à ruptura do riser e reparos com a Equinor na época, dizendo que os reparos seriam finalizados no 1T 2021.

O campo de petróleo Peregrino, que iniciou a produção em 2011, está localizado nas licenças BM-C-7 e BM-C-47, a aproximadamente 85 km da costa brasileira, na Bacia de Campos, em lâmina d’água de 100m.

A Equinor está trabalhando para desenvolver o campo por meio de um projeto chamado Peregrino Fase 2, que envolve a adição de uma terceira plataforma de cabeça de poço fixa ao campo, estendendo sua vida produtiva principal e adicionando 250-300 milhões de barris em reservas recuperáveis.

A segunda fase deverá ser desenvolvida a um custo de US $ 3 bilhões e iniciará a produção em 2022, informa informações no site da Equinor.

Voltar ao Topo