Energia

ENGIE irá credenciar novos representantes comercias e prestadores de serviço na INTERSOLAR 2018

Líder do mercado procura empresas interessadas em atuar em parceria com a marca na prestação de serviço no segmento de instalações fotovoltaicas em todo o país.

Durante a Intersolar South America 2018, evento que acontece de 28 a 30 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo, a ENGIE irá cadastrar novos representantes comercias e prestadores de serviço na área de geração solar distribuída. Podem se inscrever empresas de representação comercial, empresas integradoras e instaladores de sistemas fotovoltaicos, de todo o território nacional.

Os interessados deverão procurar a “Alameda ENGIE”, o estande da empresa na Intersolar (estande B34), onde poderão fazer o cadastramento de maneira gratuita e facilitada nos totens eletrônicos que disponibilizam um aplicativo específico para esse fim. “O segmento de energia solar distribuída oferece inúmeras oportunidades nas áreas de prestação de serviços. Os interessados em firmar parceria conosco, e que fizerem o cadastro na feira, serão logo procurados pelas nossas equipes para dar continuidade ao credenciamento”, explica Rodrigo Kimura, diretor  da ENGIE.

Segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) o país conta atualmente com 36,5 mil mini e micro usinas fotovoltaicas instaladas e, apesar da crise econômica, a tendência para 2018 e anos seguintes é de crescimento. “A barreira da desconfiança com a tecnologia já foi quebrada, os custos de implantação caíram de forma significativa e temos observado elevados reajustes nas tarifas de energia. Todos os fatores colocam a tecnologia solar fotovoltaica como uma das principais opções para quem busca uma solução durável, sustentável e econômica”, diz Kimura.

A ENGIE é líder no mercado de geração solar distribuída contabilizando mais de 1.900 sistemas instalados. Atua fortemente no segmento de sistemas fotovoltaicos residenciais, mas também possui importantes projetos no agronegócio e no meio industrial, com o Programa Indústria Solar que esta sendo implantado pela ENGIE em parceria com a WEG e as federações das indústrias dos estados de Santa Catarina (FIESC), Mato Grosso (FIEMT) e Rio Grande do Sul (FIERGS).

O foco são as pequenas e médias indústrias conectadas na baixa tensão, justamente as que pagam uma energia mais cara. Em Santa Catarina o mercado potencial é de 40 mil indústrias. Em Mato Grosso são 12 mil indústrias e no Rio grande do Sul, 42 mil indústrias. A ENGIE e a WEG coordenam a execução do Programa Indústria Solar, mas em todos os estados buscam parceiros locais para contribuir na implantação e prestação de serviços.

Voltar ao Topo