Energia

Energia Solar: Brasil zera taxas de importação de 4 equipamentos

Energia Solar

O setor de energia solar está crescendo em ritmo acelerado no Brasil. Em 2019, o número de instalações de placas solares triplicou frente a 2018. Apesar disso, o total de consumidores dessa fonte de energia continua baixo no país, cerca de 1% apenas.

Para tentar incentivar a adoção da tecnologia, o governo federal zerou as taxas de importação de quatro tipos diferentes de equipamentos, sendo eles módulo fotovoltaico, inversores fotovoltaicos, rastreadores solares e motobomba.

Como destaca o presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia, a isenção tem prazo limitado: entra em vigor em agosto de 2020 e se estende até o fim de 2021.

“Para as empresas que fizeram esse pedido junto ao governo e  para os consumidores, a medida gera expectativa de que ajude a reduzir o preço desses equipamentos e da energia solar no geral. Mas para as fabricantes nacionais, a redução dos impostos é vista como um desafio, já que vai aumentar a atratividade de produtos vindos de fora”, comenta Sauaia.

Fonte: Canal Rural

Voltar ao Topo