Energia

Eneco assina PPA para projeto eólico offshore belga de 487 MW

A holandesa Eneco, um dos acionistas do cluster de 487 MW SeaMade de projetos eólicos offshore em águas belgas, comprará toda a produção do complexo, informou na terça-feira.

A Eneco selou um contrato de compra de energia (PPA) de longo prazo para a produção dos esquemas de 252 MW da Seastar e de 235 MW da Mermaid, que estão sendo desenvolvidos como parte de um único projeto pela joint venture da SeaMade NV. A entidade é detida em 70% pelo grupo Otary, que reúne oito jogadores belgas, enquanto a Engie Electrabel detém 17,5% e a Eneco Wind Belgium tem os restantes 12,5%.

O complexo SeaMade, de 1,3 bilhão de euros (US $ 1,48 bilhão), ficará localizado na costa de Zeebrugge, usando 58 unidades das turbinas SG 8.0-167 DD da Siemens Gamesa. A construção dos dois parques eólicos está prevista para começar no próximo ano, com a geração de energia a partir de 2020. A produção combinada das duas usinas deverá atender à demanda de 500.000 residências.

O fechamento financeiro do projeto foi alcançado na semana passada depois que o Banco Europeu de Investimentos (BEI) concordou em emprestar 250 milhões de euros em dívidas. Entre os outros credores que apoiam o esquema estão a agência de crédito à exportação dinamarquesa EKF, o Santander, o BNP Paribas, o ING, o KfW IPEX e o Societe Generale.

Voltar ao Topo