Energia

Empresa brasileira Omega assina acordo preliminar para transferência de portfólio eólico

O conselho da empresa brasileira de energia Omega Geracao SA (BVMF: OMGE3) aprovou um contrato preliminar para a transferência da carteira de projetos eólicos Assurua 4 de 215 MW.

O negócio é entre Omega Geracao e Omega Gestora de Recursos Ltda, em conjunto com Tarpon Gestora de Recursos SA. Esta última detém cerca de 32% do capital da Omega Geração, conforme informações disponíveis no site da empresa de energia.

O contrato preliminar, resultado de meses de negociações, concede opções de aquisição e alienação às partes envolvidas.

Localizado na Bahia, o complexo eólico Assurua 4 tem data de operação comercial (COD) prevista para o início de 2023. É adjacente aos parques eólicos Assurua 1, 2 e 3 da Omega Geração.

A efetiva transferência do complexo eólico está sujeita a certas condições, como a celebração de contratos de compra de energia (PPAs) no mercado livre de energia (ACL) do país, obtenção de financiamento de longo prazo para Assurua 4 e concretização da operação comercial.

Voltar ao Topo