Energia

Emissão de debêntures para 151 MW de renováveis

O Ministério de Minas e Energia do Brasil permitiu quatro projetos de energia renovável com capacidade combinada de 151 MW para emitir debêntures de infraestrutura.

Com as licenças, os projetos – um fotovoltaico (PV) e três eólicos – passam a ter o status de prioridade, necessário para acelerar sua implementação, de acordo com decretos publicados pela Aneel, reguladora nacional do setor elétrico.

O projeto fotovoltaico São Pedro e Paulo I de 25 MW está localizado em Pernambuco e pertence a uma parceria 50/50 entre a Kroma Comercializadora de Energia Ltda e a Z2 Energias Renováveis SA.

As três usinas eólicas restantes – Monte Verde VI (46,2 MW), Boqueirão I (42 MW) e Boqueirão II (37,8 MW) – são de propriedade da EDP Renovaveis Brasil SA. Localizadas no estado do Rio Grande do Norte, essas instalações de energia eólica utilizam 30 turbinas eólicas no total.

Voltar ao Topo