Petróleo

Emirados Árabes sinalizam investimentos bilionários no Brasil

Investe São Paulo mostra oportunidades do Estado no Annual Investment Meeting; Fundos soberanos dos Emirados Árabes preveem destinar US$ 5 bilhões para a compra de produtos paulistas e incentivos para que companhias de São Paulo instalem representações no país.
Investidores dos Emirados Árabes Unidos, cujos fundos soberanos nos setores públicos e privados têm potencial de investimento que pode chegar a US$ 20 bilhões, têm interesse em fechar parcerias com empresas paulistas. A constatação é do presidente da Investe SP, Juan Quirós, que participou representando o Governo do Estado de São Paulo, entre 10 e 14 de abril, do Annual Investment Meeting,  encontro que reuniu os maiores fundos de investimentos do planeta, responsáveis por aportes de monta em vários setores da economia em todos os continentes.
“Em um momento em que o País precisa gerar empregos, a missão que nos foi dada pelo governador Geraldo Alckmin foi trazer investimentos que gerem empregos no Estado. Os resultados foram bastante positivos, com sinalizações de investimentos futuros, sobretudo nos segmentos paulistas de saúde, alimentação e serviços. Há a previsão de, pelo menos, US$ 5 bilhões dos fundos soberanos para a compra de produtos paulistas e incentivos para que companhias do Estado de São Paulo instalem representações nos Emirados”, disse Juan Quirós.
O presidente da Investe São Paulo, que é agência de atração de investimentos a serviço do Governo do Estado, construiu uma ampla agenda de trabalho em parceria com a Apex-Brasil, agência federal da qual já foi presidente, estreitando as relações com investidores dos Emirados Árabes Unidos.
Foram realizadas reuniões com fundos soberanos e agências de investimentos de 40 países presentes ao evento nos Emirados Árabes. As potencialidades, características, bem como a infraestrutura do Estado foram destacadas aos grandes investidores globais. Projetos privados e concessões de serviços públicos da Secretaria de Governo também foram apresentados.
Dentre os encontros realizados, destaca-se o com a Dubai FDI (Dubai Foreign Direct Investment Agency). O presidente da Investe SP também se reuniu com Dnata, empresa do Grupo Emirates, uma das maiores do mundo em serviços aeroportuários. A Dnata desembarcou no mercado brasileiro de aviação com a aquisição da RM Ground Services, maior prestadora de serviços aeroportuários em solo do País.
Segundo o presidente da Investe SP, a missão foi também importante para abrir oportunidades de negócios com outros países do Oriente Médio, como, por exemplo, o Irã:“Com a abertura do Irã ao mercado, as empresas paulistas têm acesso a um grande comprador de produtos em potencial. As companhias que se instalarem nos Emirados se beneficiarão se utilizarem a região como ponte para exportar”, observou Quirós.
Exportação
 
Juan Quirós também se reuniu com a DP World, que opera 70 terminais em 31 países e gerenciou o Porto de Dubai e a Zona Franca de Jebel Ali, maior zona franca na região do Oriente Médio e Norte da África.
A missão teve também o objetivo de detectar potenciais compradores de produtos paulistas, uma vez que a Investe SP criou o programa SP Export, destinado a incentivar e incrementar a exportação no Estado.
Para novembro deste ano, foi agendada uma missão de compradores dos Emirados Árabes Unidos ao Estado de São Paulo, com coordenação da Investe SP. Em maio, a agência paulista receberá técnicos do país para estruturar o evento.
Já no mês de dezembro, a Investe SP receberá outra missão do país, desta vez de investidores de Dubai. Ainda no segundo semestre, deve ocorrer, na capital paulista, a abertura do primeiro escritório na América Latina da Câmara de Comércio de Dubai, de acordo com Juan Quirós.
Outro ponto forte da agenda foi a apresentação do potencial de São Paulo para a ADIA (Abu Dhabi Investment Authority), o fundo soberano do Emirado de Abu Dhabi. O fundo é responsável pelo investimento do excesso das receitas de petróleo do Emirado.  A ADIA confirmou recentemente um investimento de R$ 400 milhões na construção do Four Seasons Hotel São Paulo, na Avenida Nações Unidas, empreendimento liderado pela brasileira Iron House, a ser inaugurado em 2017.
A delegação da InvesteSP conversou ainda com os líderes do  Grupo Mubadala Development Company JSC. Mubadala significa troca em árabe e a empresa pertence ao Governo do Emirado de Abu Dhabi. Sua missão é facilitar a diversificação da economia de Abu Dhabi.
O Grupo Mubadala possui ativos de US$ 66,3 bilhões e investe em diversos segmentos, entre os quais aviação, defesa, tecnologia da informação, petróleo e gás, saúde, semicondutores, metais, infraestrutura, imobiliário. Tem forte atuação na gestão de capitais. O seu rating pelas agências Moody’s/Standarad & Poors/Fitch é Aa2/AA/AA.
 Sobre a Investe SP
 
A Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade é a porta de entrada das empresas que pretendem se instalar no Estado ou expandir seus empreendimentos.
A Agência fornece, gratuitamente, informações estratégicas que ajudam os investidores a encontrar os melhores locais para seus negócios, prestando assessoria ambiental, tributária e de infraestrutura, facilitando o relacionamento das empresas com instituições governamentais e concessionárias de serviços públicos.
Estão ainda entre as atribuições da Investe SP prospectar novos negócios, recepcionar delegações estrangeiras, promover a imagem de São Paulo no Brasil e no exterior como principal destino de empresas na América Latina.
Em 2015, a Agência recebeu novas e importantes atribuições: o incentivo às exportações dos produtos paulistas, o gerenciamento de parques tecnológicos e o apoio às pequenas e médias empresas.
Para mais informações, acesse www.investe.sp.gov.br.
Voltar ao Topo