Economia

Embraer vende 100 aeronaves para a NetJets, ações sobem

embraer

A Embraer fechou um acordo avaliado em mais de US $ 1,2 bilhão para vender mais 100 aeronaves à NetJets, disse a fabricante de aviões brasileira nesta segunda-feira, enviando suas ações mais altas.

A Embraer disse que espera entregar os jatos Phenom 300E a partir do segundo trimestre de 2023. A NetJets é uma empresa americana que oferece propriedade compartilhada de jatos executivos privados.

As ações da Embraer negociadas no Brasil subiram 6% a 26,25 reais no início da tarde, superando o índice mais amplo da Bovespa, que subiu 0,70%.

A NetJets, de propriedade da Berkshire Hathaway de Warren Buffett , planeja usar a nova aeronave em suas operações nos Estados Unidos e na Europa, disse a Embraer.

O negócio também inclui um contrato de serviço “abrangente”, segundo a Embraer.

Um depósito de valores mobiliários disse que o acordo da Embraer com a NetJets é a segunda fase de um negócio de 2010 em que a empresa norte-americana adquiriu 50 aviões Phenom com opção de compra de 75 aeronaves adicionais.

Analistas da Guide Investimentos afirmam que o negócio é positivo para a Embraer, pois marca uma retomada operacional da empresa, que foi atingida pela pandemia.

Voltar ao Topo