Economia

Economia brasileira projeta crescimento de 3,45% neste ano com inflação de 3,75%

Analistas financeiros e de mercado brasileiros elevaram sua projeção de crescimento econômico para 2021, de 3,41% para 3,45%, e mantiveram a projeção em 2,5% para 2022, anunciou segunda-feira o Banco Central do Brasil.

De acordo com a pesquisa semanal do banco com as principais instituições financeiras do país, os analistas também aumentaram a inflação estimada para 2021 de 3,34% para 3,43%, mas a mantiveram em 3,5% para o próximo ano.

A previsão de inflação está dentro da meta do governo de 3,75% em 2021 e 3,5% em 2022, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Em relação à taxa básica de juros Selic, a projeção permaneceu em 3,25% ao final de 2021 e em 4,75% ao final de 2022.

Os analistas mantiveram a projeção para a moeda brasileira, que atualmente está em 5,3 reais contra 1 dólar norte-americano, a 5 reais no final de 2021 e 4,9 reais em dezembro de 2022.

Da mesma forma, a balança comercial deverá render um superávit de US $ 55 bilhões em 2021 e 50 bilhões de dólares em 2022. Por fim, o investimento estrangeiro direto deve atingir 60 bilhões de dólares em 2021 e 70 bilhões de dólares no próximo ano.

Voltar ao Topo