Economia

Dólar sobe, bolsa de valores cai, após ataque dos EUA ao Iraque

Dólar

ataque dos Estados Unidos que matou um alto comandante iraniano provoca tensão no mercado financeiro nesta sexta-feira (3). Enquanto a bolsa de valores de São Paulo (B3) opera em queda, o dólar registra alta na largada da sessão.

Por volta das 10h50min, o índice Ibovespa, que representa a variação das principais empresas na B3, caía 0,74%, a 117.689 pontos. Já o dólar subia 0,817%, cotado a R$ 4,0587.

Analistas projetam eventuais impactos no Brasil do ataque norte-americano. Em nota, o economista-chefe da Necton Investimentos, André Perfeito, sinalizou que o bombardeio deve provocar alta do dólar no curto prazo, o que tende a gerar pressão sobre a inflação. Para Perfeito, a turbulência “enterra de vez” a possibilidade de o Banco Central (BC) cortar mais uma vez a taxa básica de juro, a Selic, hoje em 4,5%, menor nível histórico.

O general iraniano Qasem Soleimani e o líder paramilitar iraquiano Abu Mehdi al-Muhandis morreram na noite de quinta-feira (2) em um ataque dos Estados Unidos com foguetes contra o aeroporto de Bagdá, no Iraque. Segundo o departamento norte-americano de Defesa, a ordem para a ação partiu diretamente de Donald Trump.

“Sob as ordens do presidente, o Exército americano adotou medidas defensivas decisivas para proteger o pessoal americano e estrangeiro e matou Qasem Soleimani”, relatou o Pentágono.

Voltar ao Topo