Energia

Contratos do governo de 4,6 GW de potência em leilão

gw

O leilão de capacidade de reserva realizado nesta terça-feira contratou 4,6 GW de potência a um preço médio de R $ 824,5 mil por MW / ano, um deságio de 15,34% em relação ao preço máximo inicial, que era de R $ 974 mil por MW / ano.

O objetivo do leilão era garantir o fornecimento de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional por meio da contratação de energia elétrica e outros tipos de energia. O leilão incluiu projetos termelétricos novos e existentes, com fornecimento de energia a partir de 2026 e de outros tipos de energia a partir de 2027.

O evento foi realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

Os investimentos previstos somam R $ 5,98 bilhões e receita fixa de R $ 3,4 bilhões ao ano. No total, os projetos contratados têm capacidade nominal de 5,125 GW.

Ao todo, foram contratados 17 projetos, sendo nove de gás natural, cinco de óleo combustível B1, dois de óleo diesel e um de bagaço de cana. O prazo de fornecimento dos empreendimentos viabilizados é de 15 anos.

Participaram projetos de geração novos e existentes, em um total de 132 projetos inscritos, que somam mais de 50.000 MW de potência.

Voltar ao Topo