Óleo e Gás

Comissão de Fiscalização defende gasoduto para Amazonas e Porto Velho

Acompanhado do deputado federal Léo Brito (PT-RO), o deputado federal Luiz Cláudio (PR-RO) trouxe a Porto Velho a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Federal para vistoriar a usina Rio Madeira, movida a óleo diesel, que está parada há vários anos. O parlamentar ouviu dos técnicos da Eletrobrás a necessidade do recolhimento de impostos e outros entraves jurídicos que estão impedindo a transferência do maquinário para a Bolívia. O governo petista da ex-presidente Dilma Rousseff havia firmado compromisso com o governo boliviano para repassar a usina.

++ Participe do nosso grupo de trabalho

Além da usina Rio Madeira, com estrutura cara e ineficiente, Rondônia também utiliza a Termo Norte, outra usina movida a óleo diesel e que traz grandes prejuízos ao consumidor. Para Luiz Cláudio, a solução para garantir energia confiável e acabar com esses gastos é a construção do gasoduto do Amazonas da base de Urucu a Porto Velho. A bandeira já foi levantada por outros parlamentares, mas, segundo Luiz Cláudio, hoje é perfeitamente viável esse projeto. “Vai gerar muitos empregos e garantir energia para Rondônia”, sustentou o parlamentar.

Luiz Cláudio e o parlamentar acriano discutiram os projetos com o assessor da presidência da Eletronorte, Zenon Pereira Leitão; Arnaldo Lopes Martins Filho, Superintendente de Engenharia de Geração da Eletronorte; e Robinson Percy Holder, gerente regional. O prefeito eleito de Porto Velho, Hildon Chaves, também prestigiou o encontro.

++ Veja as vagas de emprego no setor

Voltar ao Topo