Notícias

Comércio Árabe e Portos de Abu Dhabi assinam memorando de entendimento no Brasil

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira assinou recentemente um Memorando de Entendimento (MoU) com os Portos de Abu Dhabi, abrindo caminho para uma cooperação técnica mais robusta, promoção portuária e eventos e atividades conjuntas relacionadas a negócios.

A assinatura ocorreu após a conclusão de um seminário organizado pela ABCC em São Paulo. O seminário – que ocorreu após a visita de Estado do presidente brasileiro Jair Bolsonaro aos Emirados Árabes Unidos em outubro deste ano – mostrou as crescentes oportunidades de negócios em São Paulo, o vibrante centro financeiro do Brasil, e em Khalifa Port, porta-bandeira dos portos de Abu Dhabi, águas profundas porta.

Cerca de 70 executivos de várias empresas que operam no porto de Khalifa, que possui uma capacidade de movimentação de 2,5 milhões de unidades equivalentes de seis metros, participaram do seminário para esclarecer as perspectivas de crescimento disponíveis na Zona Franca do Porto de Khalifa e na Zona Industrial de Khalifa, em Abu Dhabi (KIZAD). Os palestrantes, que representaram empresas de alimentos, café, cosméticos, mineração, construção, comércio e consultoria em comércio exterior, entre outros, também apresentaram seus serviços e ofertas de produtos durante o evento.

Rubens Hannun, Presidente da ABCC, disse: “O MoU também é uma oportunidade para ambas as partes explorarem, promoverem e impulsionarem perspectivas substanciais de investimento de entrada e saída. Ao colaborar, estamos abrindo novos canais para que as empresas brasileiras entrem e prosperem no crescente mercado de Abu Dhabi. O KIZAD, por exemplo, é uma área estratégica e econômica com uma enorme escala de crescimento, permitindo que as empresas brasileiras se expandam ainda mais não apenas nos mercados de Abu Dhabi e Emirados Árabes Unidos, mas também em diferentes partes da região e do mundo. ”

O KIZAD suporta diversas atividades comerciais nos Emirados Árabes Unidos, que é considerado um centro de exportação que compra e revende muitos produtos para outros países. Os Emirados são o terceiro maior comprador do Brasil entre os países árabes.

A ABCC foi criada para facilitar o crescimento e a diversificação da parceria comercial entre o Brasil e os países árabes, especialmente os Emirados Árabes Unidos, o terceiro maior parceiro de negócios e investimentos do Brasil, Egito e Arábia Saudita.

O MoU recentemente assinado reflete a missão da ABCC de construir laços econômicos, sociais e culturais mais fortes e mais vívidos entre o Brasil e os países árabes; expandir suas parcerias; e criar oportunidades de comércio e investimento em vários setores, incluindo, entre outros, consultoria em agricultura, tecnologia médica, beleza, mineração, construção, comércio e comércio exterior.

Voltar ao Topo