Economia

Colheita do milho no Brasil atinge 98,8pc

milho

A colheita da segunda safra de milho do Brasil está perto de ser concluída, com 98,8pc concluída até 18 de setembro.

A colheita da segunda safra de milho aumentou 1,8 ponto percentual em relação à semana anterior, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A colheita está 0,8 ponto percentual à frente dos níveis alcançados um ano antes, depois de ter ficado muito tempo atrasada devido a atrasos com a safra de soja e condições climáticas adversas. A colheita da oleaginosa deve terminar antes que os agricultores possam plantar o milho.

A Conab monitora a colheita nos nove maiores estados produtores, que respondem por 92pc da área cultivada em todo o país para a segunda safra de milho. Eles compreendem os estados de Goiás, Piauí, Tocantins, São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná.

A colheita terminou nos estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão e Piauí.

No Paraná – o segundo maior produtor – o progresso da colheita chegou a 96pc. De acordo com a Conab, a finalização dos trabalhos confirma as perdas provocadas pela seco e geadas, o que afetou a produtividade de toda safra brasileira como um todo.

Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul também estão próximos de encerrar a colheita, com 95pc, 93pc e 99,9pc, respectivamente.

De acordo com a Conab, 1,2pc da safra nacional está na fase de maturidade.

Trigo e algodão

A colheita do trigo atingiu 5,5pc da área plantada na semana passada, em comparação com 17,7pc na mesma semana em 2020 e aumentou em 0,8 ponto percentual em relação à semana anterior.

A Conab monitora os sete principais estados produtores de trigo: Goiás, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e São Paulo, que contabilizam 98,5pc da área cultivada no Brasil.

A colheita do algodão atingiu 97,6pc da área plantada nos sete maiores estados produtores, um aumento de 3,2 pontos percentuais em relação à semana anterior. A colheita estava em 99,4pc da área plantada no mesmo período do ano passado. Estes estados incluem: Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais, representando 98pc da produção nacional total.

Voltar ao Topo