Empregos

CEO da Vale diz que ainda não é hora de retomar dividendos

O diretor-presidente da Vale SA disse nesta sexta-feira que uma retomada no pagamento de dividendos ou recompras de ações dependeria do progresso na reparação dos danos causados ​​pelo colapso da barragem de Brumadinho, que matou mais de 250 pessoas.

Eduardo Bartolomeo disse a investidores em uma teleconferência que a mineradora brasileira de minério de ferro poderá retomar o pagamento de dividendos em algum momento, mas que “esse momento ainda não chegou”.

Bartolomeo estava falando um dia depois que a Vale reportou um ganho de 15% no terceiro trimestre mais fraco do que o esperado, enquanto a empresa luta para restaurar a produção perdida depois que os reguladores exigiram que fechasse uma série de outras barragens por razões de segurança.

Ainda assim, as ações da Vale subiram 2,7% nas negociações da manhã, com analistas citando o forte fluxo de caixa da empresa no período, que, segundo eles, reduziu sua dívida a um mínimo de 11 anos.

Também durante a teleconferência, Marcelo Spinelli, diretor de metais ferrosos da Vale, previu um crescimento de 2020 na demanda global de minério de ferro de 2% a 3%, acrescentando que espera um aumento de 1% na produção de aço chinesa.

Voltar ao Topo