Energia

Cemig, do Brasil, ganha 431,5 megawatts em contratos de energia

O contrato concede à Cemig o direito de produzir energia a partir de 2022 por um período de 20 anos. O governo leiloou um total de 1.240 megawatts de contratos.

A empresa estatal de energia Cia Energética de Minas Gerais SA ganhou o direito de produzir 431,5 megawatts de energia eólica e solar em um leilão do governo na terça-feira, informou em um comunicado.

O contrato concede à Cemig, como a empresa é amplamente conhecida, o direito de produzir energia a partir de 2022 por um período de 20 anos. O governo leiloou um total de 1.240 megawatts de contratos.

Embora os termos financeiros dos contratos não estivessem imediatamente disponíveis, os executivos da Cemig haviam previamente dito à Reuters que esse leilão era uma importante oportunidade de recontratação para a empresa, controlada pelo estado brasileiro de Minas Gerais.

Alguns importantes contratos de energia da Cemig estão prestes a expirar logo após o governo do Estado ter reclassificado uma série de blocos de energia em 2017 que haviam sido mantidos pela Cemig.

Voltar ao Topo