Offshore

Ceará reporta progresso com projeto eólico offshore de 15 MW

eolica offshore

Um projeto piloto para instalar a primeira turbina eólica offshore na costa do estado do Ceará está em estágios avançados de procedimentos de licenciamento ambiental e outros, disse o governo estadual.

O projeto de 15 MW resulta da parceria entre a fabricante chinesa de turbinas eólicas e a empresa de soluções de energia limpa Ming Yang Smart Energy Group Ltd (SHA: 601615), a empreiteira italiana de petróleo e gás Saipem SpA (BIT: SPM) e a empresa ítalo-brasileira BI Participações e Investimentos.

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) do Ceará realizou recentemente uma reunião com representantes das empresas sobre o tema licenciamento, informou o governo por meio da Sedet.

O projeto estará localizado próximo ao Porto do Pecém, que deverá se tornar um importante centro para a produção de hidrogênio verde no Brasil.

O procedimento de licenciamento pode levar até um ano. Depois, pode demorar mais seis meses para a turbina estar instalada e operacional.

Dependendo de certas condições, o projeto piloto de 15 MW pode apresentar duas turbinas adicionais de capacidade variada, a fim de testar diferentes modelos de turbinas eólicas offshore, afirmou o governo.

Atualmente, existem mais de 6 GW de projetos eólicos offshore propostos para instalação no litoral cearense em processo de licenciamento junto ao órgão regulador ambiental Ibama. Esses parques eólicos seriam usados ​​na produção de hidrogênio verde, acrescentou o secretário de Sedet, Francisco de Queiroz Maia Junior.

Voltar ao Topo