Notícias

Carmo Energy comprar 11 concessões terrestres da Petrobras por US $ 1,1 bilhão

De janeiro a novembro de 2021, a produção média do cluster foi de 7,6 mil b / d de óleo e 43 mil m3 / dia de gás.

A estatal brasileira de petróleo Petrobras assinou um acordo para vender todas as suas participações em 11 campos produtores localizados na área de Polo Carmópolis para a Carmo Energy por US $ 1,1 bilhão.

Localizadas em diferentes municípios do estado de Sergipe, as 11 concessões de campos de produção terrestre, incluindo instalações integradas, são chamadas conjuntamente de Cluster de Carmópolis.

De acordo com os termos do negócio, a Carmo Energy fará um pagamento inicial de $ 275 milhões e pagará mais $ 550 milhões no fechamento da transação.

A Petrobras receberá US $ 275 milhões adicionais da Carmo Energy, um ano após o fechamento do negócio.

A transação está sujeita a certas condições precedentes, incluindo a aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Em nota, a Petrobras afirmou: “Esta operação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhor alocação de capital da empresa, visando maximizar valor e maior retorno para a sociedade.

“A Petrobras concentra cada vez mais seus recursos em ativos de águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande vantagem competitiva ao longo dos anos, produzindo petróleo de melhor qualidade e com menor emissão de gases de efeito estufa.”

A Petrobras tem 100% de participação como operadora no Cluster Carmópolis, que também inclui acesso à infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte de petróleo e gás natural.

Adicionalmente, o Pólo Carmópolis inclui o Pólo Atalaia que compreende o Terminal Hidroviário de Aracaju (Tecarmo) e o Oleoduto Bonsucesso-Atalaia, entre outros.

De janeiro a novembro de 2021, a produção média do Pólo Carmópolis foi de 7,6 mil barris por dia (b / d) de óleo e 43 mil m3 / dia de gás.

Em outubro de 2021, a Petrobras transferiu 50% de participação no campo Rabo Branco, em Sergipe, para sua parceira Petrom Produção de Petróleo & Gás .

Voltar ao Topo