Energia

Canadian Solar firmou contrato de 12 anos com um dos maiores bancos de investimento do Brasil

A fabricante canadense Canadian Solar concluiu mais duas transações no mercado brasileiro de energia solar desregulamentado, o Banco BTG conquistou um PPA de 12 anos e a fornecedora de energia Furnas Centrais Elétricas conquistou um segundo contrato de 15 anos.

A fabricante canadense de energia solar Canadian Solar assinou um contrato de compra de energia (PPA) de 12 anos com o BTG Pactual, um dos principais bancos de investimento da América Latina.

Pelos termos do acordo, a Canadian Solar fornecerá energia solar por meio de uma série de projetos, que serão construídos em Minas Gerais com capacidade instalada total de 170 megawatts, a empresa iniciará a construção dessas instalações em 2021 e deverá ser concluída até o final de 2022.

Os fabricantes canadenses de módulos solares também obtiveram um contrato de compra de energia de 15 anos com Furnas, subsidiária da concessionária brasileira Eletrobras, que fornecerá eletricidade a ela por meio de dois projetos fotovoltaicos totalizando 692 megawatts.

O primeiro projeto da empresa no Canadá será localizado no Estado do Ceará com capacidade instalada de 260 MW, enquanto o segundo projeto, com capacidade instalada de 432 MW, está sendo desenvolvido no Estado do Piaí.

A construção das duas fábricas terá início em 2022 e o início da operação comercial está previsto para o segundo semestre de 2023.

Ambos os negócios da empresa canadense foram previamente anunciados pela Canadian Solar em seus resultados financeiros do terceiro trimestre, todos os projetos usarão os mais recentes módulos de dois lados de alta potência Canadian Solar Series 7 com potência relatada de até 665 Wp.

Em junho, a Solar Canada anunciou que assinou dois contratos PPA totalizando 274 MW, um para uma usina fotovoltaica em Minas Gerais e outro para outro projeto em Pernambuco.

A Canadian Solar disse que esses novos projetos aumentarão o portfólio de produtos PPA solar do país para mais de 2,2 GW.

A fabricante possui uma fábrica de módulos fotovoltaicos perto de São Paulo com capacidade de produção anual de 380 MW, projetos solares com componentes de fabricação nacional podem obter financiamento dos bancos de fomento BNDES e Banco do Nordeste.

Voltar ao Topo