Benefícios

Veja o calendário do auxílio emergencial de 19 a 25 de abril

Calendário auxílio emergencial

Com o início da semana, uma nova etapa de pagamentos do auxílio emergencial começa. A partir de hoje (19), o governo federal estará realizando o pagamento do benefício para os brasileiros vinculados ao Bolsa Família, com o número do final do NIS  2. Nessa rodada, o grupo conta com acréscimos em seus benefícios, tendo em vista a integração com o coronavoucher. Confira o calendário.

Até o próximo domingo (25),outros grupos do auxílio emergencial terão direito a movimentar os valores recebidos na sua conta digital aberta pela Caixa Econômica Federal.

O primeiro é referente aos profissionais autônomos que se cadastraram em 2020 para a liberação do benefício. O segundo é para a população do Bolsa Família.

Calendário de depósito do auxílio emergencial 2021 para profissionais autônomos

Nesse grupo, os valores voltam a ser depositados a partir desta segunda-feira (19) e seguirá até o fim da semana. A organização vem sendo realizada com base nas datas de aniversário e equivale a primeira parcela do projeto em 2021.

Para ter acesso ao valor, o cidadão precisa estar com sua conta do Caixa Tem ativada. Basta se conectar a plataforma e por meio dela fazer pagamentos e compras online utilizando o cartão de débito virtual.

á a retirada em espécie ou transferência para outras contas bancárias só será concedida a partir do dia 4 de maio, conforme o cronograma abaixo:

Datas dos depósitos pelo Caixa Tem

Nascidos em Depósito
Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 6 de abril 16 de maio 20 de junho 23 de julho
Fevereiro 9 de abril 19 de maio 23 de junho 25 de julho
Março 11 de abril 23 de maio 25 de junho 28 de julho
Abril 13 de abril 26 de maio 27 de junho 1º de agosto
Maio 15 de abril 28 de maio 30 de junho 3 de agosto
Junho 19 de abril 30 de maio 4 de julho 5 de agosto
Julho 20 de abril 2 de junho 6 de julho 8 de agosto
Agosto 22 de abril 6 de junho 9 de julho 11 de agosto
Setembro 25 de abril 9 de junho 11 de julho 15 de agosto
Outubro 27 de abril 11 de junho 14 de julho 18 de agosto
Novembro 27 de abril 11 de junho 14 de julho 20 de agosto
Dezembro 30 de abril 16 de junho 21 de julho 22 de agosto

Datas para saque e transferências

Nascidos em Saques ou transferências
Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 4 de maio 8 de junho 13 de julho 13 de agosto
Fevereiro 6 de maio 10 de junho 15 de julho 17 de agosto
Março 10 de maio 15 de junho 16 de julho 19 de agosto
Abril 12 de maio 17 de junho 20 de julho 23 de agosto
Maio 14 de maio 18 de junho 22 de julho 25 de agosto
Junho 18 de maio 22 de junho 27 de julho 27 de agosto
Julho 20 de maio 24 de junho 29 de julho 30 de agosto
Agosto 21 de maio 29 de junho 30 de julho 1º de setembro
Setembro 25 de maio 1º de julho 4 de agosto 3 de setembro
Outubro 27 de maio 2 de julho 6 de agosto 6 de setembro
Novembro 1º de junho 5 de julho 10 de agosto 8 de setembro
Dezembro 4 de junho 8 de julho 12 de agosto 10 de setembro

Calendário do auxílio emergencial para inscritos no Bolsa Família

O segundo grupo contemplado diz respeito a população vinculada ao Bolsa Família. Nesse caso, a organização dos depósitos vem sendo feita de acordo com o número final do NIS.

É importante ressaltar que os valores também estão sendo enviados exclusivamente pelo Caixa Tem, mas a autorização para saque e transferência é imediata.

Calendário de pagamento do Bolsa Família integrado ao auxílio emergencial

Dígito final NIS Depósito
NIS final 1 16 de abril 18 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 19 de abril 19 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 20 de abril 20 de maio 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 22 de abril 21 de maio 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 23 de abril 24 de maio 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 26 de abril 25 de maio 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 27 de abril 26 de maio 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 28 de abril 27 de maio 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 29 de abril 28 de maio 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 30 de abril 31 de maio 30 de junho 30 de julho

Valores do auxílio emergencial 2021

Nesta rodada o benefício foi distribuído de três formas distintas:

  • Mensalidade de R$ 150 – destinada para famílias com apenas uma pessoa
  • Mensalidade de R$ 250 – famílias de baixa renda com mais de um integrante
  • Mensalidade de R$ 375 – para mães solteiras que sustentem os filhos sem ajuda

Quando destinada a população do Bolsa Família, as quantias acima significam o teto orçamentário do projeto. Ou seja, quem já receber R$ 375 pelo BF não terá o acréscimo do auxílio emergencial.

Voltar ao Topo