Benefícios

Caixa encerra o saque do FGTS para este grupo; veja qual

Saque do FGTS

A Caixa Econômica Federal está encerrando o ciclo de pagamentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Desta vez, os nascidos em março terão até hoje (31) para fazer a solicitação do saque-aniversário. A partir de amanhã, a inclusão no programa ainda será permitida, mas o pagamento ficará disponível apenas em 2022.

O benefício segue movimentando as unidades da Caixa Econômica. Segundo a instituição, os trabalhadores que nasceram no mês de março que quiserem ter acesso a primeira mensalidade do projeto ainda este ano devem fazer a portabilidade até o fim do dia.

De abril em diante, a solicitação ainda será concedida, porém como os pagamentos são feitos de acordo com as datas de aniversário, a liberação ficará apenas para 2022. Já no caso daqueles nascidos até 31 de abril, não haverá demais problemas.

Como fazer a portabilidade do saque-aniversário do FGTS

A alteração para o saque-aniversário é feita diretamente no aplicativo do FGTS ou na página da Caixa Econômica. Ao se conectar na plataforma, basta informar o número do CPF ou data de nascimento e a senha de acesso.

Uma vez dentro da conta pessoal, o cidadão deve clicar na função ‘saque-aniversário’. Um texto lhe será apresentado explicando todos os informes do projeto. Após ler tudo, clique em ‘concordo com os termos de uso’ e confirme a transferência.

A validação da portabilidade é feita automaticamente, porém o cidadão ainda tem o direito de voltar a versão tradicional após cumprir o prazo de carência de dois anos.

Principais informes sobre o saque aniversário do FGTS

O saque é opcional: A decisão de retirar ou não o saldo disponível da conta do FGTS anualmente é opcional. Mas para realizá-la é preciso comunicar à Caixa.

Tempo de Carência: Para retornar a modalidade antiga é preciso esperar o tempo de carência de dois anos. Mais um ponto que pode ser considerado negativo para os aderentes ao saque-aniversário.

Não há mudanças: Para aqueles que não desejam aderir a nova modalidade, o saldo em conta não terá alterações e será mantido. O trabalhador poderá retirar o valor mediante as hipóteses previstas em lei, como demissão sem justa causa e aposentadoria.

Não pode sacar todo o dinheiro em conta: o percentual é liberado anualmente e será calculado mediante ao valor disponível em conta. O percentual varia entre 5% a 50%.

Em caso de demissão: nos casos em que o trabalhador é demitido, não será possível realizar o saque total do valor disponível no fundo, chamado de saque-rescisão. Dessa forma, só será possível o saque de 40% do valor de multa.

Calendário de pagamentos do saque-aniversário 2021

  • Nascidos em janeiro: de janeiro a 31 de março
  • Nascidos em fevereiro: de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março: de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril: de abril a 30 de junho
  • Nascidos em maio: de maio a 30 de julho
  • Nascidos em junho: de junho a 31 de agosto
  • Nascidos em julho: de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto: de agosto a 29 de outubro
  • Nascidos em setembro: de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro: de outubro a 31 de dezembro
  • Nascidos em novembro: de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022
  • Nascidos em dezembro: de dezembro de 2021 a 28 de fevereiro de 2022

Alíquotas do saque aniversário do FGTS

Limite das faixas de saldo (em R$) Alíquota Parcela Adicional (em R$)
Até 500,00 50,0%
De 500,01 até 1.000,00 40,0% 50,00
De 1.000,01 até 5.000,00 30,0% 150,00
De 5.000,01 até 10.000,00 20,0% 650,00
De 10000,01 até 15.000,00 15,0% 1150,00
De 15.000,01 até 20.000,00 10,0% 1.900,00
Acima de 20.000,01 5,0% 2.900,00

Quando vale apena aderir ao programa?

A inclusão pelo saque aniversário varia de acordo com a situação do trabalhador. Normalmente, para quem está em fim de carreira recomenda-se a permanência na modalidade tradicional. Isso porque, este grupo tem direito ao recebimento integral quando solicita a aposentadoria.

Já no caso daqueles que estão em início de carreira e não apresentam um saldo robusto nas contas ativas ou inativas, o benefício pode ser positivo pois garante um pagamento fixo anualmente.

Porém é preciso ficar atento, pois quem adere as retiradas perde o direito de ter acesso a saques quando é demitido sem justa causa. Além disso, a solicitação do FGTS para demais serviços, como o financiamento imobiliário, passa a ter o valor reajustado.

Voltar ao Topo