Energia

Brasil registra 437 MW de renováveis ​​para leilão de reserva de capacidade

leilão energia

A estatal brasileira de pesquisa de energia EPE divulgou na quarta-feira que 437 MW de fontes renováveis ​​foram registrados para o leilão de foco térmico planejado para 21 de dezembro de 2021.

O leilão vai contratar projetos envolvendo biocombustível, bagaço de cana-de-açúcar, resíduos sólidos urbanos, lascas de madeira e fontes de biogás, além de gás natural, carvão, óleo combustível e diesel. Ao todo, 132 projetos de energia competirão por um total de 50.691 MW.

Entre as fontes de biomassa limpa, o biocombustível lidera com 269 MW registrados. O bagaço da cana-de-açúcar e os resíduos sólidos urbanos vêm em segundo e terceiro lugar, com 80 MW e 45 MW, respectivamente. À base de lascas de madeira e biogás seguem com 25 MW e 18 MW, respectivamente.

Esta licitação outorgará contratos de compra de energia (PPAs) em dois modelos distintos. O primeiro é destinado a novos projetos de geração, enquanto o segundo é para usinas novas e já existentes.

Voltar ao Topo